Projeto de Alarme Monitorado

O que são alarmes monitorados?

 

Os alarmes monitorados têm a função de avisar e emitir sinais de emergência silenciosos, indicando quaisquer ações suspeitas que aconteçam no local. Com eles, é possível prevenir que criminososroubem seus pertences.

Todo o sistema pode receber os dados de monitoramento via linha telefônica, GPRS ou CDB, sendo que o alarme é composto por 5 itens:

  1. painel de alarme;

  2. bateria reserva para o caso de falta de energia elétrica;

  3. sirene;

  4. sensores;

  5. botão de pânico.

 

Como os alarmes monitorados funcionam?

 

Os alarmes monitorados trabalham, basicamente, a partir dos seus sensores. São eles que indicam atividades irregulares, acionam a sirene para inibir os assaltantes e avisam a central de atendimento sobre a situação. Os atendentes da central, por sua vez, enviam uma viatura ao local, e comunicam a polícia se necessário. O botão de pânico funciona da mesma maneira, mas sem a sirene.

Porém, é importante programar esses sensores anteriormente pelo painel de alarme. Ele funciona como um cérebro que controla todos os sensores, podendo organizá-los por zonas, horários etc.

Quanto ao monitoramento, é importante ressaltar que caso seja escolhida a linha telefônica, haverá uma dependência dos serviços de operadoras. Ou seja, caso haja algum problema na fiação — causado por dificuldades da prestadora de serviço ou mesmo por invasores —, há o risco da central não receber as informações. Isso não ocorre na comunicação via CDB.

 

Disparo falso: e agora?

 

Geralmente, o disparo falso ocorre por algum desses 4 fatores:

  1. animais que entram no cômodo;

  2. grandes correntes de ar;

  3. manuseio errado dos alarmes monitorados;

  4. defeitos no equipamento.

O funcionamento básico do alarme é a partir dos seus sensores que detectam alguma movimentação estranha. Portanto, qualquer um dos problemas citados pode causar um disparo falso. Nesse caso, todo o procedimento padrão de sinalização à central de monitoramento e, posteriormente, aviso aos órgãos competentes é feito.

Para evitar o disparo falso do alarme, é importante se precaver de algumas maneiras. Uma delas é manter janelas e portas fechadas para evitar as correntes de ar e a entrada de animais. A outra é acostumar-se com o uso do aparelho e testá-lo frequentemente. Assim você pode dizer à central de atendimento se houver algum defeito. Conheça outras maneiras de evitar o disparo falso neste post!

Você ainda tem alguma dúvida sobre os alarmes monitorados? Então deixe um comentário com a sua questão em nosso campo de comentários!

Contato

Av. Pastor Martin Luther King Junior, nº 126, Bloco 9, Torre 1000, Sala 314  - Del Castilho - Rio de Janeiro - RJ - Cep. 20765-000

+ 55 21 2051-9778

+ 55 21 99285-2620

© 2017 by LH Automação. 

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Google+ Social Icon
  • LinkedIn Social Icon